Congresso Nordestino de Educação Médica

18/08


2014

A primeira fala pública de Renata Campos



Clique e assista o pronunciamento que a viúva do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), fez, há pouco, no ato da Frente Popular de reforço à candidatura de Paulo Câmara ao Governo do Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ze 14

O legado de Eduardo vai ficar para todos os pernambucanos. Os valores, a liderança e o dinamismo dele serão esse legado. Patrimonialismo é outra coisa, mas tem muita gente que fecha o olho para isso.

Ze 14

Impressionante como a confusão entre o público e o privado é grande. Quem confunde "legado" com a manutenção do Governo nas maos da família Arraes/Campos, nao sabe o significado de "legado". O Governo de Pernambuco nao é "legado", muito menos herança.

Costa/PE

Todo o COMICIO, disfarçado de HOMENAGEM, ja é o sinal claro da preocupação com os rumos que o partido vai tomar, e olha que ainda não começou a migração,pois como sabemos, a politica e a fidelidade não são parentes,a maioria não consegue viver longe do PODER.

Costa/PE

Realmente EDUARDO fara muita falta ao PSB,Geraldo,Paulo e FBC, fracos de discurso,não conseguem passar credibilidade e DONA RENATA, para dizer duas palavrinhas te que lêr? bem que disseram O PSB SAIRA DESSA CAMPANHA,MENOR DO QUE ENTROU, E OLHA QUE DUDU AINDA ERA VIVO NA EPOCA.

Filipe Jar

Isso é q é uma mulher guerreira!!!! Tem q defender o legado do marido.Parabéns!!!!



18/08


2014

Aécio promete levar UPPs a outros estados

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, prometeu, hoje, levar o programa de unidades de polícia pacificadora, criado no Rio de Janeiro, a outras regiões metropolitanas e aglomerados urbanos que sofram com áreas controladas pelo crime organizado. O presidenciável visitou, nesta manhã, o Morro Dona Marta, na zona sul do Rio, que foi o primeiro a receber uma UPP.

Aécio destacou os avanços que as UPPS proporcionaram às comunidades onde foram instaladas, mas disse que é preciso agora cuidar da segunda etapa: "emprego, saúde, educação de qualidade e cuidar das mulheres, pois elas são as mantenedoras da maioria das casas nessas comunidades e precisam ter também oportunidade de geração de renda."

Ele defendeu também mais atenção aos jovens, para acabar com o que chamou de "verdadeiro genocídio que ocorre em várias partes do Brasil". "É aí que entra o governo federal, que até hoje tem sido omisso na questão da segurança pública. O governo federal tem que coordenar um trabalho que permita que as UPPs vivam sua segunda etapa."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/08


2014

Campanha de Armando continua suspensa até amanhã

A Coligação Pernambuco Vai Mais Longe (PTB, PDT, PT, PRB, PSC e PTdoB), reafirma por meio de nota, que as atividades de campanha majoritária estão suspensas até terça-feira (19), em respeito à memória do ex-governador Eduardo Campos e das demais vítimas do trágico acidente que enlutou o Brasil.

A decisão tomada pelos candidatos ao governo, Armando Monteiro, a vice-governador, Paulo Rubem Santiago, e ao Senado, João Paulo, de suspender as atividades pelo período de sete dias, continua mantida, independentemente da movimentação da coligação adversária.

Somente a partir desta quarta-feira (20), as agendas de Armando, Paulo Rubem e João Paulo voltam à normalidade, bem como a distribuição de material publicitário, a circulação de carro de som, o trabalho da militância nas ruas e as atividades nos comitês.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/08


2014

“Vou participar da campanha por dois”, diz Renata

A viúva do ex-governador Eduardo Campos (PSB), Renata Campos, acompanhada dos filhos, durante reunião do PSB em casa de recepções no Recife (PE), nesta segunda-feira (18). (Foto: Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo)

Foto: Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo

A viúva de Eduardo Campos chegou ao local do evento da Frente Popular, hoje pela manhã, acompanhada pelos filhos. Ela foi muito aplaudida por centenas de militantes e ouviu um coro de: "Renata, vice" e "Renata, guerreira, do povo brasileiro". Ela é cotada para ser vice na chapa liderada por Marina Silva, mas ainda "resiste" à ideia, segundo parentes.

Hoje, Renata completa 47 anos. Ela é mãe dos cinco filhos de Eduardo Campos, o mais novo com menos de sete meses. Durante o evento, a militância cantou parabéns para a viúva. Também foi exibido um vídeo de cerca de dois minutos com declarações de Eduardo Campos, no qual citou que um dos ideais era continuar o trabalho do avô, Miguel Arraes, e acabar com a pobreza no país. Campos pede, no vídeo, votos para Paulo Câmara.

Em sua primeira declaração pública após a morte do marido Eduardo Campos, Renata Campos discursou para a militância.

"Vim porque sei da vontade dele e da importância de eleger Paulo, Raul e Fernando. Acho que só depende de nós. Estou aqui com João, Duda, Pedro, José Henrique e Miguel para dizer Paulo, Raul e Fernando, contem com a gente." Ela disse que vai participar da campanha eleitoral "por dois" depois da morte do marido. "Eu, como participei a vida toda de campanhas, não será diferente nessa. Tenho a impressão que tenho que participar por dois." No final do seu discurso, Renata afirmou: "Pode parecer que nosso maior guerreiro não está na luta. Mas seu sonho está entre nós", arrancando aplausos de todos os presentes


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ivan

Alguém aqui sabe me dizer o que é luto?

Filipe Jar

Parabéns Renata!!!!!

Weltgeist Schweinsteiger

Isabelita Peron do nordeste.

Weltgeist Schweinsteiger

Quando um morre e no lugar dele entras outro da família só acontece em empresas privadas ou monarquias. Qual das duas classificações esse pobre Pernambuco se enquadra?



18/08


2014

Aliança com PSB em SP não será alterada, diz Alckmin

O governador de São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), disse, hoje, que a aliança com o PSB não será alterada após a morte do presidenciável Eduardo Campos e uma eventual substituição por Marina Silva na cabeça de chapa nacional. "Temos em São Paulo coligação com o PSB e ela não se altera", afirmou Alckmin, após participar, como governador, de entrega de ambulâncias ao Corpo de Bombeiros, no centro da Capital paulista. O candidato a vice-governador do tucano é o deputado federal Márcio França (PSB).

Marina sempre foi contrária a aliança com os tucanos e estava disposta a não dividir o palanque em São Paulo. Questionado se acredita na possibilidade de Marina o apoiar no maior colégio eleitoral do País, Alckmin desconversou: "Sempre respeitei e tive admiração pela Marina", disse. "É importante que o sonho, o legado e a esperança de Eduardo Campos continuem", afirmou.

Mas sobre uma possibilidade de dividir palanque com Marina, caso a ex-senadora declare apoio ao tucano, Alckmin disse que o PSDB tem o seu candidato à Presidência, Aécio Neves (PSDB), e o PSB terá o seu. "Eu ficaria muito honrado (em caso de apoio de Marina)", afirmou. "Mas cada partido faz a sua campanha."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/08


2014

Nem um pio em nome de Marina

Um fato que chamou a atenção do público presente ao ato da Frente Popular, há pouco, na Blue Angel, para fortalecer a candidatura de Paulo Câmara a governador: ninguém tocou no nome de Marina Silva, provável sucessora de Eduardo Campos na corrida presidencial.

E não foi por falta de discursos e de oradores. Nem o presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, se referiu a Marina. Além dele, falaram o prefeito do Recife Geraldo Júlio, o candidato a vice-governador Raul Henry, o candidato a governador Paulo Câmara, o candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho, e por fim a viúva Renata Campos.

A versão dos socialistas em Pernambuco é de que o ato foi para Paulo Câmara e não Marina. Mas uma coisa não pode estar dissociada da outra, o que gerou estranheza entre os presentes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Julio Povoas de Arruda Miranda

NÃO VAMOS DESISTIR DO BRASIL. MARINA PRESIDENTE 40.

aurilio florido da paixao

ela tinha um acordo com Eduardo de não subir no palanque em são paulo por causa que ela n aceitava esta aliança PSB X PSDB ,ai ficou aguardando eduardo em sp para gravar o guia, ela n tinha nada la no guaruja

aurilio florido da paixao

eu estava la e os oradores falarão sim no nome de Marina, Paulo Camara, Fenando Bezerra, Raul e Renata,estes farão no nome de marina, o presidente Roberto Amaral foi o unico que não falou

ney durval dos santos

Eu gostaria de saber porque Marina não quis vir para são Paulo no mesmo avião? Ela estava no Rio e ela não mora em São Paulo?



18/08


2014

“Não vai faltar força e coragem”, diz Renata Campos



A estrela do ato da Frente Popular, a viúva Renata Campos, encerrou as manifestações de reforço a candidatura de Paulo Câmara a governador lendo não um discurso, mas uma mensagem pelo seu Iphone abraçada aos 4 filhos. Na mensagem ela agradece a força que recebeu do povo brasileiro nesta hora difícil da sua vida e da sua família e disse que da sua parte da mesma forma como da de Eduardo não iria faltar coragem e disposição para eleger Paulo Câmara governador. Após a sua fala que foi bem rápida, ela recebeu uma homenagem pelo seu aniversário, hoje, com um corte de bolo no palanque armado para o evento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/08


2014

“O povo quer continuar a obra de Eduardo”, diz Câmara



O candidato da Frente Popular a governador, Paulo Câmara, disse que está determinado a cumprir a missão de continuar a gestão de Eduardo. “Com a ajuda e a vontade do povo eu serei governador para dar continuidade ao legado de Eduardo. A partir de agora, quem está com Paulo Câmara está com Eduardo e quem não está com Paulo Câmara, não está com Eduardo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ramilson Correia de Carvalho

Eu votei em Eduardo duas vezes e mesmo assim não voto em Paulo Câmara. Uma coisa não tem nada a ver com a outra querem ganhar a eleição utilizando-se de uma tragédia. Pernambuco precisa de um administrador e não de um sentimentalista.

Weltgeist Schweinsteiger

Dilma tá vacinada, não daria mais um tostão a essa turma. Portanto, galera do poleiro e adjacências, se quiserem trabalho, votem em Armando

Julio Povoas de Arruda Miranda

NÃO VAMOS DESISTIR DO BRASIL. MARINA PRESIDENTE 40.

Lucidio de Figueiredo Galvão Júnior

EU ESTOU COM PAULO, RAUL E FERNANDO, PORQUE SE ARMANDO JÁ CONSEGUIU A FAÇANHA DE QUEBRAR UM BANCO, IMAGINE O ESTADO, É RAPIDINHO !!!

Filipe Jar

É incrível como esses petistas têm tanta raiva e ódio!!!!!