Congresso Nordestino de Educação Médica

22/06


2019

Bolsonaro fala a nichos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), concedeu entrevista à revista Veja em que criticou a agenda do governo Jair Bolsonaro, dizendo que ela é voltada a nichos, e não ao conjunto da sociedade.

“O presidente tem uma agenda muito voltada para os segmentos da sociedade que o levaram ao Palácio do Planalto. Ele fala a nichos bem específicos. Fala ao caminhoneiro, ao pessoal das armas, aos evangélicos, aos militares. Foca muito esses temas que são mais do cotidiano e não olha para uma agenda de longo prazo. Já a sociedade tem outra pauta. Está preocupada com o desemprego, a conta de luz, a violência nos bairros. A gente precisa ter responsabilidade com a recomposição dos serviços públicos e a geração do emprego. É essa a intenção da agenda que está sendo proposta pelo Congresso”, afirmou.

Na entrevista, ele detalha o que eu chamei na minha coluna desta semana de Plano Maia-Alcolumbre de recuperação da economia. Ele negou que seu objetivo seja disputar espaço com o ministro Paulo Guedes na definição dessas medidas. (Estadão – BR 18 – Vera Magalhães)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

22/06


2019

Veja:Laranja do clã Bolsonaro tem crimes nas costas

Reportagem de capa da revista semanal aponta vínculos de Fabrício Queiroz, que pagava despesas pessoais do clã Bolsonaro, com o miliciano Adriano Nóbrega, suspeito de assassinar Marielle Franco, com assassinatos cometidos no passado Envolvido diretamente em movimentações financeiras atípicas, o policial militar reformado Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), tem em sua ficha pelo menos um homicídio ocorrido em 2003. Ele está envolvido ao lado de Adriano Magalhães da Nóbrega, o temido chefe da milícia de Rio das Pedras, Zona Oeste do Rio, foragido desde janeiro. 

Segundo matéria dos jornalistas Fernando Molica, Leandro Resende e Jana Sampaio, de Veja, nos mais de 20 boletins de ocorrência e dezenas de inquéritos em que Queiroz aparece, há pelo menos dois supostos autos de resistência com sua participação, sendo um em 2002 e outro em maio de 2003, pouco depois de ele conhecer Adriano no 18º Batalhão, em Jacarepaguá, onde trabalharam juntos por apenas seis meses. 

Vale ressaltar que Queiroz recrutou a mãe e a esposa do miliciano para trabalharem com ele no gabinete de Flávio Bolsonaro, quando este ainda era deputado estadual no Rio de Janeiro. O próprio parlamentar fez homenagens ao ex-capitão.

O ex-capitão do Bope foi apontado pelo Ministério Público do Rio como integrante do chamado Escritório do Crime, grupo de matadores profissionais e que faz exploração mobiliária ilegal. A organização também é suspeita de envolvimento com o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), em março de 2018.

Em março, foram presos dois suspeitos de serem os assassinos de Marielle: o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-militar Élcio Vieira de Queiroz. O primeiro é acusado de ter feito os disparos e o segundo de dirigir o carro que perseguiu a parlamentar.  Lessa morava no mesmo condomínio de Bolsonaro.

Outro detalhe é que Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos havia postado no Facebook uma foto ao lado de Jair Bolsonaro. Na foto, o rosto de Bolsonaro está cortado.(BR 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

22/06


2019

Bolsonaro vê ministros como “fusíveis”

e admite problemas na articulação política

Jornal do Brasil

Ao anunciar mudanças em sua equipe ministerial, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) reconheceu que seu governo tinha problemas na articulação política. "Tínhamos problema na articulação política em parte sim", afirmou em entrevista no Palácio do Planalto nesta sexta-feira (21).

Por meio de medida provisória publicada na quarta-feira (19), Bolsonaro transferiu a articulação política de Onyx Lorenzoni (Casa Civil) para o general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Esta foi a primeira vez que ele falou sobre a mudança. Segundo ele, os ministros que ocupam as pastas do Planalto são "fusíveis" e se queimam para proteger o presidente. 

Ele minimizou o fato de ter retirado de Onyx a tarefa de diálogo com o Congresso e disse que a função dele "é a mais ingrata".

O presidente comparou o trabalho a de jogadores de futebol dizendo que quando um centroavante erra, sua falha é esquecida, mas que um goleiro nunca é perdoado por tomar um gol. 

Desde o início do governo, deputados e senadores se queixavam do tratamento dado por Onyx às bancadas e aos partidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

São João Petrolina

22/06


2019

Defesa de Lula diz que Dodge errou em parecer ao STF

Segundo advogados, habeas corpus foi enviado ao Supremo meses antes das reportagens do 'The Intercept' com os vazamentos da Lava Jato

Portal Terra

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta sextafeira,que a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, cometeuumequívoco no parecer que enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o habeas corpus em favor do petista.

Segundo os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Martins, a ação protocolada que pede a anulação do processo do triplex, pelo qual Lula foi condenado, "não está amparado nas reportagens divulgadas pelo The Intercept".

A nota lembra que o pedido de habeas corpus foi feito no dia 5 de novembro de 2018, antes do vazamento das conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, revelados neste mês pelo site de Glenn Greenwald.

Os advogados relatam ainda que apenas fizeram um registro nos autos sobre o conteúdo das reportagens no dia 13 de junho deste ano. A defesa termina afirmando que os fatos "são mais do que suficientes para evidenciar que o ex-Presidente Lula não teve direito e um julgamento justo, imparcial e independente".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Bolsonaro se isola num governo com a cara dele

Helena Chagas

Prestes a completar seis meses, o governo Jair Bolsonaro está ficando a cada dia mais com a cara de Jair Bolsonaro. Não tem mais o perfil que parecia ter emergido das urnas de um governo dividido em núcleos igualmente poderosos – militar, político, econômico e familiar-ideológico – lutando pelo poder. Muito antes do que se pensava, um desses grupos venceu, e agora os demais ou se subordinam ou são postos para correr.

Bolsonaro não deixou margem a dúvidas sobre quem manda com as últimas demissões de generais em seu governo: Santos Cruz (Secretaria de Governo), Floriano Peixoto (rebaixado da Secretaria Geral para a presidência dos Correios), Juarez Cunha (ex-Correios) e Franklimberg Ribeiro (Funai). Além de afastar qualquer resquício de suspeitas sobre uma eventual tutela militar, o presidente mostra que a verdadeira essência do governo está representada pelo núcleo familiar-ideológico.

Entre os critérios que nortearam o afastamento de Santos Cruz  – e certamente o de Floriano Peixoto, a ele ligado – estão o da desconfiança e o da intolerância com opiniões contrárias. Esses sentimentos, somados ao forte viés ideológico e à fixação no passado, estiveram também por trás da demissão de Joaquim Levy no BNDES.

A ala política estranhou o esvaziamento extemporâneo de Onyx. A cúpula das Forças Armadas está perplexa com o expurgo de seus melhores quadros.

Nada tem muita lógica, a não ser a da paranoia dos que se acham sempre no alvo de conspirações que enxergam em sua própria copa e cozinha. Formando um governo com os filhos e amigos ideológicos, regido pela teoria da conspiração, Bolsonaro vai se isolando.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Nadegi anuncia seis secretários em Camaragibe

A prefeita em exercício de Camaragibe, Nadegi Queiroz, definiu seis secretários para a sua equipe. A engenheira Kátia Marsol assumirá a Defesa Civil, área que ela implantou na prefeitura, tendo passado 19 anos na função. O ex-superintendente da Caixa Econômica em Pernambuco, Alex Norat, vai acumular as pastas de Administração e Finanças.

Arnon Nascimento irá para a Secretaria de Saúde; o coronel Walter Reimine, para a Mobilidade e Segurança Cidadã. O jornalista Arthur Cunha comandará a Secretaria de Comunicação. Já a Procuradoria ficará sob a batuta do  advogado Leonardo Neves.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

21/06


2019

Dodge se manifesta contra suspeição de Moro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou, hoje, contrariamente ao pedido de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro apresentado em habeas corpus da defesa do ex-presidente Lula, relativo ao julgamento pelo caso do triplex no Guarujá. Dodge peticionou no HC em resposta a aditamento feito pela defesa de Lula em razão da divulgação da série de reportagens do The Intercept Brasil com conversas entre Moro e integrantes da Lava Jato.

Para a PGR, existem “fundadas dúvidas jurídicas” sobre o material apresentado pelo site, que “ainda não foi apresentado às autoridades” para que sua autenticidade e integralidade sejam atestadas. Ela sustenta que isso impede seu uso como evidência a corroborar a suspeição de Moro, e acrescenta que várias autoridades foram vítimas de ataques de hackers nos últimos meses. “Pelo exposto, os fatos alegados pelo impetrante não conduzem, diante da fundada dúvida jurídica sobre eles até este momento processual, à procedência do pedido de suspeição. Parecer pelo indeferimento deste pedido”, encerra ela.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Prefeitura de Gravatá monta “Arraiá do Cidadão”

Para oferecer descontos e prestar orientações aos turistas e gravataenses que são proprietários de imóveis no município, ou que estão em processo de compra e venda e que precisam regularizar os pagamentos do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis – (ITBI) e do Imposto Predial e Territorial Urbano – (IPTU), a Prefeitura de Gravatá montou o Arraiá do Cidadão, um espaço instalado na Av. Duarte Coelho, no Polo Moveleiro, no prédio do antigo Polo Gourmet, para atender a todos os interessados em se regularizar e aproveitar os descontos e as facilidades. O espaço funcionará das 9h às 17h, da sexta-feira (21), até a segunda (24).

Quem visitar o local vai poder fazer uma consulta com a equipe da Secretaria de Finanças do município, para aproveitar os descontos de 33% no ITBI e de até 100% de juros e multas de IPTU, ISS e taxa de alvará. O contribuinte poderá ainda tirar suas dúvidas sobre os valores, emitir suas guias e negociar as formas de pagamento.

“Realmente essa é uma oportunidade imperdível para regularizar seu imóvel. Aproveita que está aqui na cidade durante esse feriado, vem curtir o polo moveleiro, conhecer o nosso artesanato, o clima e, claro, aproveitar pra dar uma passadinha no arraiá e ficar em dia com a cidade,” falou Fernanda Pérez, secretária de Comunicação e Imprensa do município.

“Esse espaço instalado será muito importante para atender bem o contribuinte que deseja estar quite com o município e aproveitar os descontos e as facilidades de pagamento que estamos oferecendo,” afirmou o prefeito Joaquim Neto.

Além disso, o Arraiá do Cidadão contará com uma estrutura da Secretaria de Saúde, que estará distribuindo preservativos e oferecendo aferição de pressão, por exemplo. A Secretaria de Assistência Social e Juventude também montou um espaço de recreação para a criançada que estiver acompanhada pelos responsáveis durante a visita no local. Quem passar por lá também, poderá prestigiar os artistas locais que estarão tocando um forró pé de serra, que prometem animar a quem chegar. Informações sobre as atrações da programação de São João também serão dadas no espaço.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 4

21/06


2019

Serra Talhada vai ganhar parque aquático

Um investimento de R$ 24 milhões vai proporcionar a criação de um parque aquático em Serra Talhada. O anúncio foi feito pelo presidente da Fecomercio, Bernardo Peixoto, na última quarta-feira, na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), no Centro da cidade. As informações são do portal Farol de Notícias.

Os recursos também irão viabilizar a construção da Unidade Educacional do Senac e a construção do Sesc em Serra Talhada. Outra novidade do empreendimento é o Armazém Social – uma área coberta onde serão realizados grandes eventos – inclusive, a Exposerra.

“Parabenizo o presidente do Sidcom, Francisco Mourato, pela iniciativa e pela representatividade na reunião, que contou ainda com a presença do secretário estadual do Trabalho, Formação e Qualificação, Alberes Lopes; do deputado federal e grande parceiro de Serra Talhada, Fernando Monteiro; além de empresários, vereadores e representantes de instituições parceiras”, comemorou o prefeito Luciano Duque.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

O fato e a foto: Duque, o prefeito cangaceiro

Blog do Nill Júnior

O Prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, apareceu assim no Arraial de sua cidade, ontem, fantasiado de cangaceiro, ao lado da esposa Karina Rodrigues.

“Ontem o arrasta pé tomou conta de Serra Talhada e a nossa Puxada Matuta realizou o arraial mais animado da cidade. Agradeço a todos pela participação e a Banda Vizzu com a sua Charrete Elétrica que desfilou pelas ruas da Capital do Xaxado, tocando muito forró e botando o povo pra dançar”, disse em sua conta.

A festa foi prestigiada pelo deputado Rodrigo Novaes e pela deputada federal Marília Arraes. Na Estação do Forró teve shows com Luan Douglas e Amigos Sertanejos.

Não faltou quem brincasse com a história de que Duque está ensaiando para o embate eleitoral em 2020, quando não será mais candidato e apoiará um dos nomes de seu bloco. A secretária de Saúde, Márcia Conrado e o presidente da CDL, Marcus Godoy, estão no páreo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Palácio do Planalto virou de ponta-cabeça

Nem se completam seis meses de governo e os principais cargos no Palácio do Planalto já tiveram que ser trocados. O mais das vezes, no meio a uma tremenda confusão.

Não é à toa que o general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Planalto anda com os nervos à flor da pele. Tem dado murros na mesa e distribuído notas iradas contra adversários, o que não era seu hábito.

A Casa Civil, do ministro Onyx Lorenzoni, sofreu uma reviravolta com a medida provisória 886, editada na quarta-feira (19) pelo presidente Jair Bolsonaro. Clique aqui e confira a matéria do jornalista Tales Faria na íntegra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha